Páginas

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Maioria do TSE aprova criação do PROS (Partido Republicano da Ordem Social)


O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) votou na terça-feira (16) a favor da criação do PROS (Partido Republicano da Ordem Social), que deve se tornar a 31ª legenda do país.  O novo partido deve receber o registro definitivo nesta quinta-feira (18), quando o julgamento será finalizado. Dos sete votos, a sigla já recebeu cinco favoráveis - a ministra Luciana Lóssio pediu vista do caso.
“Com os cinco votos já está garantido, está tranquilo já. Não pedimos nenhum atalho no processo. Na próxima semana devemos anunciar uns 20 deputados. Menos que isso não vai ter, e agora nem o Solidariedade nem o da Marina (Silva) vai atrapalhar”, comemorou o presidente nacional da legenda, Eurípedes Júnior.
Segundo o próprio site da sigla, “o PROS usará o número 90 e servirá como uma janela para troca-troca partidário”. Eles defendem que “a mudança para partidos recém-criados é uma das poucas exceções permitidas pela Justiça Eleitoral para a infidelidade partidária sem risco de os parlamentares perderem mandato”.
A nova legenda começou a ser elaborada ainda em 2010 e, segundo o TSE, cumpriu todas as exigências mínimas de apoios no nível nacional e em um terço dos estados, totalizando mais de 510 mil assinaturas em 19 unidades da federação. Em 10 deles, a legenda cumpriu o percentual de suporte de 0,1% do eleitorado.

0 comentários:

Postar um comentário