Páginas

sábado, 21 de setembro de 2013

POPULAÇÃO INDÍGENA MUNDURUKU RECEBE MÉDICOS DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS “DSEI TAPAJÓS CONSEGUE MÉDICOS CUBANOS



Médicas Cubanas com a coordenadora do DSEI - Cleidiane
A primeira população indígena do Brasil a receber médicos cubanos do Programa Mais Médicos, foi a etnia MUNDURUKU. Na noite desta sexta feira, desembarcaram no aeroporto de Itaituba as médicas cubanas MIGDALIA CUELLAR AGUILA e MIGDALIA MENA ALVAREZ. Elas foram recebidas pela coordenação do DSEI TAPAJÓS, autoridades municipais e por um grupo de indígenas, que a caráter de festa de boas vindas, pintados e armados de arcos e flechas, fizeram uma apresentação como recepção as médicas cubanas.

As médicas cubanas vão atender a saúde indígena, com atuação na CASAI de Itaituba e nas aldeias localizadas no município de Jacareacanga.
Segundo a Coordenadora do DSEI TAPAJÓS, enfermeira Cleidiane Carvalho, nesta primeira etapa vão vir 3 médicos, hoje  chegaram duas médicas,depois vem o outro, mas a luta da coordenação é trazer mais médicos para atender a saúde da população indígena Munduruku e Kaiapó, que estão sob a assistência do DSEI TAPAJÓS.A previsão é até o final de Outubro mais 15 médicos cubanos venham para atender a saúde indígena do DSEI TAPAJÓS.
No Distrito, houve toda uma cerimônia de recepção, com discussões de boas vindas e a bonita festa organizada pela Coordenação do DSEI TAPAJÓS encerrou com um jantar, que contou com a presença de autoridades, funcionários do DSEI e de indígenas.



0 comentários:

Postar um comentário