SEMED ouve professora Itaitubense acusada de possível agressão a aluno em sala de aula.

Em coletiva de imprensa, professora se defende das acusações; Secretário de Educação do município falou do posicionamento da SEMED.
A última quinta-feira (15) foi marcada por um fato que tomou grande proporção nas redes sociais, um vídeo mostrando uma professora da creche chapeuzinho Vermelho no bairro Boa Esperança, próximo ao hotel Apiacás, se alterando com um aluno na sala.
No vídeo que viralizou na internet, aparecem duas crianças cantando quando em certo momento um dos alunos tentou sair e foi puxado pelo braço pela professora, que em tom de voz agressiva desferiu palavras autoritárias.
Diante do fato, após ver o vídeo, o prefeito Valmir Climaco se solidarizou com os pais do aluno e família, e imediatamente determinou ao secretário de educação Amilton pinho, que apure e tome todas às providencias cabíveis para dar uma resposta à população.

Na manhã desta sexta-feira 16, em seu gabinete, o Secretário de Educação Amilton Pinho concedeu entrevista coletiva à imprensa, e afirmou que o procedimento está sendo concluído, e a professora está sendo ouvida para a apuração dos fatos.
De acordo com o Secretário, nada ficará impune, tudo esta sendo feito com muita cautela pela equipe técnica e levantado às evidências para se chegar a uma resposta cabível para a sociedade Itaitubense. Amilton ressaltou ainda que tal atitude não é e tão pouco será tolerada neste Governo, e todas as denúncias serão acatadas e analisadas, apesar da servidora ser efetiva, poderá ser demitida diante desta ação.
Após ser ouvida, a professora Tatiane Miranda, falou a imprensa e afirmou que ela mesma postou o vídeo no grupo, e não imaginava que tomaria tamanha proporção, e em sua defesa considerou não estar errada. Indagada pelos profissionais da imprensa sobre sua atitude no vídeo, e o que ela acha do fato, foi interrompida pelo seu advogado.
A Secretaria de Educação-SEMED aguarda a apuração dos fatos para dar uma resposta para a população.

Comentários